Sal Rosa do Himalaia – O Sal saudável que merece lugar na sua cozinha

Depois de muito procurar nas casas de produtos naturais aqui em Brasília, sem sucesso comprei pela internet no site do Submarino. E em questão de sabor ele é a mesma coisa do sal tradicional, mas é necessário muito cuidado na hora de moer pois em uma giradinha ele já moê bastante sal.

Este sal está localizado aos pés do Himalaia, região que há milhões de anos foi banhada pelo mar. Considerado o mais antigo e puro dos sais marinhos, fica depositado a centenas de metros de profundidade. Tem quase metade de sódio encontrado no sal comum e possui 84 minerais e elementos que são encontrados no corpo humano, que por si só é bastante impressionante! Alguns destes minerais incluem: o cloreto de sódio, sulfato de cálcio, potássio e magnésio.

Por causa desses compostos, os cristais ganham um tom rosado e um sabor com toque metálico agradável e suave. Pode ser empregado em carnes, aves e peixes, além de saladas e legumes. Também cai muito bem na finalização e decoração de alguns pratos. Em 1g de sal Rosa do Himalaia há 230mg de sódio enquanto o sal tradicional possui 400mg de sódio em 1g de sal.

Há alguns benefícios que você pode esperar por consumir este sal no lugar do sal tradicional, são eles:

 

O Sal do Himalaia se comparado com outros sais, como por exemplo, o Sal Marinho que ainda é uma escolha melhor do que o sal tradicional, ele infelizmente está se tornando cada vez mais processado e nossos oceanos estão se tornando cada vez mais poluídos a cada ano, apenas pense sobre os enormes vazamentos de óleos que ocorreram. Devido às condições originais de que o sal rosa é mantido, diz-se ser o mais puro sal disponível hoje. Já o Sal Tradicional é completamente retirado a maioria dos seus minérios, com a exceção de sódio e cloreto. Ele é, em seguida, branqueado, limpo com produtos químicos e, em seguida, aquecido à temperaturas extremamente altas. O iodo que é adicionado ao sal de mesa é quase sempre sintético que é difícil para os nossos corpos absorver corretamente. Depois ele é tratado com agentes anti-aglomerantes, impedindo que o sal se dissolva no depósito. Estes agentes, em seguida, evitam que o sal seja absorvido em nossos próprios corpos, o que leva a uma acumulação e depósito dentro dos órgãos. Isso pode causar graves problemas de saúde. Estudos têm mostrado que, para cada grama de sal tradicional consumida e que o corpo não pode processar, ele vai utilizar 20 VEZES a quantidade de água celular para neutralizar a quantidade de cloreto de sódio, que está presente no sal tratado quimicamente.

Esta é em parte parte, a causa do porquê da má reputação do sal. Não é necessariamente o sal que não é saudável para nós, mas o  processo de refinamento dele que não é saudável. Afora isso, muitos de nós consumimos muitas comidas processadas. Estes alimentos contêm quantidades astronômicas de sal, e não do tipo bom. Não se trata de limitar o nosso consumo de sal, e sim consumir mais alimentos naturais, caseiros e integrais. Desta forma, optamos por qualidade. Optamos por uma vida mais saudável. Se você encontrar o sal rosa pode comprar sem medo, vale a pena o investimento.

Grande abraço!

PAGE TOP